quarta-feira, 23 de julho de 2008

BILLY RAY CYRUS, DAVID LYNCH, CHITÃOZINHO E XORORÓ E HANNAH MONTANA

Veja como esse negócio de cultura contemporânea se entrelaça em todos os níveis e mundos. Não sei se há algum adolescente entre as dez pessoas que acessam esse blog, mas, se houver, a pergunta também lhe interessa.

O que Billy Ray Cyrus, David Lynch, Chitãozinho e Xororó e Hannah Montana têm em comum? Simples. A participação de um no trabalho do outro, em forma de teia e genética.

Ray Cyrus é um cantor de country norte-americano que fez muito sucesso na década de 90 com a música She’s not crying anymore, cuja versão foi cantada por Chitãozinho e Xororó, com a participação do próprio Ray Cyrus, fazendo sua parte em inglês, e que também foi um grande hit.

Em 2001, David Lynch lançou seu intricado Cidade dos sonhos. Quando fui ver o filme, revi Billy Ray Cyrus dando uma de ator, no papel de cowboy. Imaginei que ele estivesse se aventurando pelo cinema, mas, qual quê. Recentemente, assisti a um episódio do tão afamado seriado teen Hannah Montana e me deparei com Cyrus fazendo o papel de pai de Hannah.

Refiz minha idéia sobre o cantor country e passei a ter a certeza de que ele está nesse meio com mais propriedade. Mais recentemente ainda, descobri que a menina que faz a Hannah Montana se chama Miley Cyrus e é filha de Billy Ray. Tudo isso é cultura inútil, não nego. Nessa história toda, a única nova é dizer que Miley Cyrus cresceu, está bonita e abandonou Montana.

Um comentário:

superlativa disse...

adorei a teia, da adolescente laura