domingo, 20 de novembro de 2011

Orgulho – um poema de Solano Trindade

Orgulho












Sou filho de escravo

Tronco
senzala
chicote
gritos
choros
gemidos
Sou filho de escravo
(Solano Trindade)

Nenhum comentário: