quarta-feira, 5 de agosto de 2009

RIOBALDO NA USP

Meus livros ainda não estão comigo e sinto falta de ler Grande sertão: veredas. Riobaldo é um exemplo de sabedoria. É um filósofo. Riobaldo poderia dar aula na USP. O Brasil estaria mais bem servido de cabeças pensantes e sententes capazes de ler este país e apontar novos caminhos para a juventude tão áspera de sentimentos, tão triste de ideias, tão circular, desdentada de saber, tão longe e desinteressada de tudo, sem sonho, sem sol, como folhas que recebem o orvalho do dia e o desperdiçam no correr das horas.

2 comentários:

Penetralia disse...

Se a UPS teve o desplante de dar bomba no Oswald, o que não faria com o Riobaldo?

Gilberto G. Pereira disse...

E nesse caso, sairia perdendo a USP. Riobaldo, ou seus atributos intelectuais, entende muito mais de filosofia, do pensar, do que o Gianotti, que, imagino, ainda deve ser o mentor da grade curricular do curso.
É isso, Lúcio. Grande abraço!